março 2017

Não é fácil chegar aos setenta e dois anos arrependido de não ter vivido os próprios sonhos. Tudo bem, Jair fez tudo direitinho. Foi um homem bom. Cuidou dos pais até eles partirem. Cuida até hoje da tia Inês. Por sinal, com seus noventa e oito anos, parece estar em…

Read More